Projeto coordenado pelo prof. Marcio Tavares d'Amaral e vinculado ao IDEA - Programa de Estudos Avançados/ECO-UFRJ

Terceiro ensaio da quarentena

Durante os meses de recolhimento por conta da Covid19, Marcio Tavares d´Amaral escreveu seis artigos. O “terceiro ensaio da quarentena”, que recebeu o título "Os migrantes: os povos da água”, já está disponível em formato PDF na seção “Publicações” do site e no portal Academia.edu, dando sequência aos textos anteriores (“Sobre a pandemia” e “As polarizações”) divulgados em 2020.

O artigo atual trata do fenômeno das migrações como constituinte da humanidade, das tensões entre local e global, do esvaziamento do lugar e dos modos de subjetivação que a existência dos “povos da água” suscita (ou deixa de suscitar). Confira o ensaio completo aqui.

Trecho do ensaio: “Estou me referindo à exclusão estrutural produzida pela globalização do consumo. Apenas em grandes traços: a globalização como a estamos fazendo exclui do mundo quem não tem condições de consumir; quase meia humanidade vive em situação de pobreza e não pode consumir; quase meia humanidade está fora do mundo regido pela globalização; essa exclusão parece ser estrutural, sem volta enquanto perdurar o atual sistema”.

O artigo também foi publicado na Revista do FCC/UFRJ, dentro da seção "100 anos, 100 livros", que homenageia o centenário da Universidade.